Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Caminhos de Espiritualidade de Mestre Ueshiba - Parte 2

A rota "Kohechi", que tem um traçado interessante, indo de norte a sul, com cerca de 70 quilômetros, liga Koyasan à Kumano Sanzan. É o caminho mais curto para conectar Koyasan Kumano, mas é uma caminhada difícil, pois tem que atravessar locais com mais de 1.000 metros de altitude. Vai até uma região próxima do sul de Osaka, aonde encontramos o Monte Kōya, importante localidade na história do Budismo, e ao mesmo tempo das Artes Marcais (como Aikibudo, Aikido e Shin'ei Taido) por ter seu nome ligado ao célebre Monge Kūkai. Em 816, o Imperador Saga aceitou o pedido do Kūkai de estabelecer um refúgio espiritual em Kōya, para afastar-se de assuntos mundanos. O terreno foi oficialmente consagrada no meio do ano de 819 com rituais que duraram sete dias, mas de fato, o projeto só foi plenamente realizado depois da morte de Kūkai em 835. Este monte é conhecido como a sede mundial da seita Kōyasan Shingon do Budismo japonês; localizado à 800 metros de altura, em um vale entre oito picos da montanha.

A visão de Kūkai foi que Monte Kōya viria a se tornar uma representação dos dois mandalas que formam a base de Shingon Budismo: o planalto central como a Mandala Reino do Ventre, com os picos que cercam a área como pétalas de uma flor de lótus; e localizado no centro de esta seria a Mandala do Diamante na forma de um templo que ele chamou Kongobu-ji ou Templo do Pico do Diamante. No centro do complexo do templo encontra-se uma enorme estátua de Buda Mahavairocana que é a personificação da Realidade Última.

A região montanhasa de Kōya é o lar de os seguintes locais famosos:

Okunoin, o mausoléu de Kūkai, rodeado por um imenso cemitério (o maior no Japão)

Danjogaran, considerado como o coração do Monte Kōya.

Konpon Daitō, um pagode que, segundo a doutrina Shingon representa o ponto central de uma mandala que abrange não só este Monte, mas todo o Japão

Kongobu-ji, o templo chefe do Budismo Shingon Kōyasan.

Kōyasan chōishi-michi, a rota tradicional até a montanha

A Estela Nestoriana ou Pedra de Nestorian, que é uma estela chinesa da Dinastia Tang, erigida em 781 que documenta 150 anos do início do cristianismo na China, com texto em chinês e siríaco descrevendo a existência das comunidades cristãs em várias cidades do norte da China.

(Continua)

Baseado em artigos sobre Mestre Hikitsuchi, Morihei Ueshiba O'Sensei e sobre os Caminhos de Kumano.

4 comentários:

  1. Que interesante Ricardo, allí se une el Budismo con el Shinto y el Cristianismo, ya me gustaría caminar por aquella zona, bueno de momento a preparar el Camino de Santiago que lo tenemos más cerca, muchas gracias y un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenos Dias, Carina,
      Realmente es un trayecto que tiene muchos sitios interesantes.
      Muchas gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir
  2. Un placer continuar de peregrinaje por los caminos tradicionales de Japón en tan buena compañía ;-) Muchas gracias por la segunda etapa del camino.

    Un abrazo Ricardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Guillermo,
      Muchas gracias por estar en esta caminata con nosotros.
      Muchas gracias por tu comentario.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails