Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Matsuo Bashô - Poemas Primavera

O grande Mestre Bashô é muito conhecido por seus poemas referentes à natureza, muito citado em textos referentes ao Zen; seus versos nos brindam com as belas imagens transmitidas pelo Mestre, de uma maneira única.

Na antiga lagoa
Um sapo pula -
Um baque na água.

Aqui apresento outro poemas referentes à primavera,
Na primavera que se vai
Pássaros gritam -
Lágrimas nos olhos dos peixes.

No néctar das orquídeas
A borboleta
Perfuma suas asas.

O dia sobre as flores
Declina e já escure
À sombra dos cedros.

O carvalho
Sua mina indiferente
Diante das cerejeiras floridas.

Brotos de bambu
Os dias da minha infância
Divertia-me à desenhar.

De qual árvore em flor?
Eu não sei -
Mas que perfume!

Do coração da peônia
A abelha sai -
Com tal arrependimento!

Perante ao relâmpago
Sublime é isto
Ninguém nada sabe!

Boa Reflexão.

Oss.

Tradução baseada em textos sobre Matsuo Bashô.

4 comentários:

  1. La sencillez de los Haikus es algo que impresiona Ricardo, es increible poder describir algo tan exáctamente con tan pocas palabras. Muchas gracias por compartir.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Es verdad, la sensibilidad y la percepción del Maestro Bashō, así como de otros maestros, nos encanta.
      Muchas gracias por tu comentario, Guillermo.
      Abrazo.

      Excluir
  2. Me encantan los Haikus de Matsuo Basho, sobre todo los que tengan que ver con la naturaleza, muchas gracias Ricardo por compartirlos, aquí estamos en primavera, pero por tu país están en otoño, otra estupenda estación,
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas tardes, Carina,
      Si, son estupendos los poemas de Maestro Bashō, y, estoy de acuerdo contigo, primavera y otoño son muy bonitas.
      Muchas gracias por tu comentario.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails