Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Aritomo Murashige Shihan

Muito do que se sabe sobre o papel do desenvovimento do Aikido na Bélgica, se deve aos relatos de Perpete, Jean Lindebrings, André Jean, Jean-Daniel Cauhépé e Jean-Pierre Paillard, discipulos do mestre das artes marciais Aritomo Murashige (1895-1964, Aritoshi, seu nome no Japão), descendente de uma familia de samurais, Aritomo começou o estudo do Budo aos 13 anos de idade, praticando Kendo, aos 19 anos ingressa na Dai Nippon Butokukai Kyoto. Aos 20 anos, é aluno de Judo do Mestre Jigoro Kano, e treina Katori Shinto-Ryu com Minoru Mochizuki Sensei, sendo que ambos são enviados para estudar Aikibudo com Mestre Ueshiba em 1931. Mestre Ueshiba faz com ele conheça e se torne membro da Omoto-kyo, sendo introduzido à arte de sons, do Kototama e encantamentos (Ho-jutsu).

Enquanto isto, na Bélgica, no ano de 1946, Mestre Kawaishi , cria um núcleo de Judo (Liga Belga de Judo), tendo como seu representante Jean De Herdt, agrupando varios faixas-pretas do método Kawaishi (Perpete, Cardon, Vishoff, Lindebrings, Naessens, Barzin, etc.). Em 1951, Jean De Herdt informa aos seus colegas, que no Dojo de Mestre Kawaishi em Paris, que Abe Sensei ensinará regularmente uma outra Arte Marcial.

A primeira aula de Aikido na Bélgica por iniciativa do Jean Lindebrings Sensei, em 28 de novembro de 1953; porém, as outras aulas com Abe Sensei, obrigariam a Perpete Sensei e Lindebrings Sensei irem à Paris para aperfeiçoar seus conhecimentos de Aikido; sendo que 4 de junho de 1954 que Abe Sensei realiza o primeiro exame de Aikido para belgas, aonde Jean Lindebrings Sensei obtém o seu primeiro Dan Aikikai ( certificado numero 166), assim como outros colegas. Neste mesmo exame, já teriam exames de Kyu, também, já que eram cerca de 80 praticantes.

Jean Lindebrings Sensei torna-se segundo Dan em 1958, André Jean Sensei, em 1960, quando Abe Sensei retorna para o Japão, deixando a responsibilidade do ensino na Bélgica, a cargo de André Nocquet Sensei, quarto Dan Aikikai e que tinha sido aluno direto de Morihei Ueshiba de 1951 a 1955.

Lindebrings Sensei, que juntamente com André Jean Sensei, descobrem que Murashige Sensei, está em Gand, cidade na região flamenga da Bélgica. Ambos farão os arranjos necessários para que Murashige Sensei aceite coordenar as aulas na Bélgica, solicitando que ele venha a lecionar em Bruxelas, em diferentes Dojos. Murashige Shihan, durante os anos de 1953 a 1960 lecionando em Myanmar, recebe o nono Dan em 1960, e era representante pessoal do Fundador do Aikido; não era um delegado da Aikikai, mas sim um emissário enviado pelo próprio Morihei Ueshiba.

Primeiramente, os dois alunos seriam Jean Lindebrings Sensei segundo Dan e André Jean Sensei, no Dojo de T. Thielemans

Indo para Bruxellas, aonde pretende se instalar, a convite, também, de George Ohsawa ( criador da Macrobiótica, seu amigo e de O'Sensei) Murashige Sensei mudou-se, primeiramente, para o "Riz Doré", de Mademoiselle Cuylits, aonde e encontra o Grupo da Macrobiótica. As aulas, em Bruxelas, eram todas as quarta-feiras, e Murashige Shihan, solicitava aos alunos mais prática de Suwari Waza, pois notou que muitos alunos mostravam dificuldade nesta prática.

Em 24 de dezembro de 1961, Murashige Sensei realiza um seminário, no qual, após um exame, exameconcede o grau de terceiro Dan, sob o número 49 da Aikikai, à Jean Lindebrings Sensei. Neste periodo, chega à Paris, Mestre Noro, que vai substituir Abe Sensei como delegado da Aikikai na Europa, sendo que alguns discípulos vão seguir os ensinamentos deste, enquanto Lindebrings, André Jean, George Schiffelers, continuarão ao lado de Murashige Shihan. Nesta época, André Nocquet Sensei é promovido à graduação de quinto Dan.

Em 20 de abril de 1962, o Fundador O'Sensei Ueshiba concede a autorização para a criação da primeira federação belga denominada Aikikai So Honbu com Murashige Sensei como diretor técnico e como fundadores: Lindebrings, Perpete e Toussaint. Foi publicado oficialmente no Moniteur belge de 15 de novembro de 1961, sob o número 4293.

Em primeiro de setembro de 1962, ocorre a inauguração do Dojo de Murashige Sensei, na Via de Vleurgat, 286, à Ixelles, no quintal situados ao fundo do prédio, aonde seus alunos reformaram dois pequenos apartamentos com mezzanino, com esta finalidade.

Em março de 1964, depois de uma demonstração (uns artigos citam que ele estava retornando de Liège, outroscitam que seria em Bruxelas), Murashige Shihan sofre um grave acidente automobilístico, aonde fica sériamente ferido: é ejetado do veículo e sua mão direita é decepada, vindo a falecer no dia 24 do mesmo mês. Antes de morrer, ele pede à Jean Lindebrings Sensei para continuar sua obra, dentro do espírito do Aikido, tal como definido por O'Sensei (Jean Lindebrings foi, então, promovido ao quinto Dane, posteriormente, André Nocquet Sensei foi elevado ao sexto Dan).

Os alunos diziam que Murashigue Sensei era muito rápido, impossivel de pegá-lo e imobilizá-lo; tentar pegá-lo era a mesma coisa que tentar segurar "poucas partículas de poeira numa corrente de ar".

Segundo Michel Bécart Sensei, Mestre Noro falava muito bem de Murashige Shihan, descrevendo que seu estilo era bastante marcial.

Bom treinamento

Oss.

Baseado em artigos sobre Aritomo Murashige Sensei ( La Vie de Maître Murashige Aritomo,  Murashige AritomoUnion Belge d'AïkidoAikido JournalYamato Damashi Ryu )

4 comentários:

  1. Hola Ricardo,
    Muchas gracias por compartir esta interesante historia de los comienzos del Aikido en Bélgica,
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Carina,
      Murashige Shihan fue una figura muy importante del Aikido, que tenía mucha estima y reconocimiento por la parte de O'Sensei. Tenía elevado nivel técnico y fue muy dedicado como Maestro.
      Muchas gracias por tu comentario.
      Abrazo.

      Excluir
  2. Muchas gracias Ricardo por arrojar un poco de luz sobre la historia de los inicios del Aikido en Europa, en esta caso en Bélgica, siempre es agradable conocer maestros que para mi eran totalmente desconocidos.

    Un abrazo y buen fin de semana a tod@s!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas tardes, Guillermo,
      Realmente fue muy importante el papel de Murashige Sensei en el desarrollo del Aikido en Bélgica.
      Muchas gracias por tu comentario, y un excelente fin de.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails