Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Budo e Kunigoshi Sensei – Parte 2

A jovem Takako, participa das práticas, logo após que foi instituido que os Dojos fariam parte Kodo Omoto (o nome anterior da Omoto Kyo, que significava o Caminho Imperial Omoto), criando-se a Showa Seigankai (Associação Juvenil Showa), e o Budo Senyokai ; a Arte passa a denominar-se Kobu Budo, não mais Daito Ryu; posteriormente, devido a não concordância do Imperador, o nome da Arte passa a ser Aiki Budo.

Foi, então, que surgiu o convite, por parte de Morihei Ueshiba, para ela ilustrar o livro que ele iria fazer. A jovem Takako recebeu o convite de Morihei Ueshiba como uma grande honra, e durante aproximadamente 1 ano (o livro ficou pronto em 1934), após os treinamentos diários, se dedicava a confeccionar minuciosa e cuidadosamente, as gravuras.

As figuras dos dois praticantes representados, de hakama preto e de hakama branco; o mais alto e o mais baixo eram Shigemi Yonekawa e Kaoru Funashi, respectivamente. Estes dois uchideshii ficavam na postura, enquanto o próprio O’Sensei os corrigia, assim como fazia correções nas gravuras, orientando a jovem desenhista. Cada detalhe, como da postura das mãos era revisado, com o intuito de ficar o mais próximo da realidade.

Todos os dias, logo após o treino, eles se reunião para começar a confecção de mais uma gravura, e assim até 1934. O’Sensei, se sentava com ela para ver as gravuras, e muitas vezes comentava: “Esta mão direita seria melhor assim”, ou “Melhor fazer deste modo”. Quando ele já achava que já estava bom, dizia, "Isso é o suficiente por hoje", e iam embora do Dojo.

Ainda assim, ela tinha tempo livre para participar dos treinos na casa do Almirante Takeshita, a quem descreve como um homem de uma personalidade e caráter maravilhosos, e só parou de frequentar estes treinos por volta de 1943, quando começaram a ter ameaças de bombardeios em Tóquio.

O Almirante tinha uma excelente técnica, e sempre que treinava com O’Sensei, fazia muitas anotações; mas preferia treinar a ensinar. Muitas vezes, relatava em seu Dojo, que o Imperador Hiroito tinha lhe perguntado se ele tinha praticado Aiki naquele dia, e ele dizia que sim (notar que a denominação ainda seria Aiki Budo naquela época).

Pessoas famosas frequentavam o Dojo do Almirante Takeshita, como o filho de Yoshinobu Tokugawa ( o ultimo Shogun dos Tokugawa, que tinha renunciado), Kazuo Koizumi (filho do famoso escritor americano de origem Greco-irlandesa Lafcadio Hearn, que no Japão se chamava Yakumo Koizumi), além de muitos universitários e militares da alta cúpula.

Takako Kunigoshi Sensei, que nasceu em 1911, em Takamatsu, Prefeitura de Shikoku, faleceu no ano de 2000.



Baseado em artigos e entrevistas de Stanley Pranin.

4 comentários:

  1. Buenos días Ricardo,
    Muchas gracias por compartir esta interesante parte de la historia de del Aiki budo, no conocía lo del hijo de Lafcadio Hearn, el escritor de los cuentos fantasmas de la cultura japonesa,
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Carina,
      Sí, son muy interesantes los eventos de esa época, del inicio del Aikibudo/Aikido.
      Muchas gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir
  2. Hola Ricardo, sabes si hay actualmente copias de ese libro?, se puede conseguir de alguna manera factible?, sería fantástico poder echar un vistazo a esas ilustraciones!

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Guillermo,
      Puedes veer estas ilustraciones en una cópia en frances en esto sitio:http://pt.scribd.com/doc/216347541/Budo-Renshu-Aikido.
      Muchas gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails