Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

sábado, 8 de março de 2014

Budo e Espiritualidade

Relendo entrevistas de pessoas de conviveram com Morihei Ueshiba O’Sensei, achei interessante os relatos de muitos dos uchideshi e alunos, que afirmaram ter a oportunidade de testemunhar a sua natureza verdadeira, sem serem influenciados pelos outros; atestando que sua Arte era tão sublime como divina.

É descrito que se tratavam de técnicas e princípios considerados por muitos divinos, quando viam aquele pequeno homem, um ser humano como todos os outros, que respirava o mesmo ar, muitas vezes apresentando sintomas de sua doença, porém, que chegava ao Dojo, e demonstrava um dinamismo e ténicas, tanto sublimes como poderosas.

Muito alegam que, em parte, isso deve à pratica dedicada do Budo, assim como sua prática espiritual que ele perseguiu avidamente desde de jovem. Muitos entrevistados por Stanley Pranin Sensei acreditavam que O’Sensei apresentava esta natureza espiritual desde seu nascimento. Muitos o consideravam um iluminado, dizendo perceber uma aura de espiritualidade muito forte que sempre cercou sua pessoa e a sua prática de Budo.

Todas as pessoas têm um lado espiritual, porém o fato de viverem seu dia a dia focado no mundo material, focados na tridimensionalidade e estimulados a crer que tudo é realizado através do nosso ego, faz com que a maioria das pessoas tenda a entorpecer esse sentido espiritual consideravelmente. Posso dizer que a nossa vida humana tem uma abundância de materiais. Mesmo após as nossas necessidades foram atendidas, tendemos a achar que não há o suficiente. Quando nos voltamos para nós mesmos o espírito humano, a nossa atenção deve se afastar para o excessivamente materialista.

Muitos consideram um grande Mestre capaz de representar um poder divino e místico, porem é seu campo que está tão harmonizado, que, quando estamos em sua presença, passamos a perceber melhor esta “dimensão” em que vivem.

No caso de Ueshiba O’Sensei, a transmissão dos ensinamentos de sua Arte, era feita de uma maneira tão sublime, que propiciava à seus discípulos expressarem a espiritualidade que é inerente a todo ser humano, podendo compreender que cada instante, pessoas, coisas e seres vivos são expressões do divino.

Mariye Takahashi Sensei, que foi discípula de Morihei Ueshiba por muitos anos, até ir para os estados Unidos, relatou esta convivência diária dos alunos com O’Sensei:

“A compreensão do Caminho, de O-Sensei através do Aikido, se mostra ser um curso muito natural dos eventos. Ele próprio tinha uma personalidade tão simples e pura que poderia quase ser considerado encantadoramente infantil. Eu o conheci depois que ele tinha experimentado, uma união espiritual mística entre Deus e o homem e tornar-se uma pessoa cada vez mais espiritualizada, então eu entendi que O-Sensei vinha a ser muito diferente das pessoas comuns. Uma das coisas que eu vi no Aikido de O-Sensei foi pontencializar a capacidade das pessoas de compreender algo mais nobre do que é normalmente acessível a eles. Até que ponto uma pessoa que pratica Aikido hoje pode ir em direção a nível desta realização (tanto tecnicamente e filosoficamente falando) de O’Sensei, será diferente para cada pessoa, vai depender em grande parte do potencial venha desde o nascimento deste indivíduo.(...)

Dessa forma O-Sensei era extremamente polido, muito delicado, ou talvez eu deva dizer que ele tem uma combinação de verdadeira pureza de espírito com a sinceridade de todo o coração. (...)

O’Sensei era uma pessoa com uma conexão com o mundo espiritual. Ele era alguém que podia perceber as ondas espirituais que emanam do mundo divino. Certamente, a sua capacidade de entrar em união com o divino fez dele um indivíduo extraordinário.”

Boa Reflexão.

Oss.

Baseado em entrevistas a Stanley Pranin Sensei

4 comentários:

  1. Buenos días Ricardo,
    Muchas gracias por compartir esta bella reflexión, es cierto que O Sensei en sus últimos años estaba débil y llamaban a Mariye Takahashi Sensei, porque por lo visto estando ella a su lado, comía algo, muy interesante su relato también sobre su vivencia. Y cuando O Sensei pisaba el tabami volvía a ser un aikidoka extraordinario.
    Un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenos Días, Carina,
      Son fascinantes los relatos de Mariye Sensei a cerca de la Espiritualidade de Ueshiba O'Sensei; como ella dic,:esta unión de O'Sensei con lo divino es lo que lo hacia un aikidoka extraordinario.
      Muchas gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir
  2. Para los que no hemos tenido la oportunidad de conocer la figura de Ueshiba en vida, tenemos una gran suerte de contar con los testimonios directos de gente tan próxima a él. Muchas gracias por el texto Ricardo.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas Noches, Guillermo,
      Realmente, los que fueron Uchideshi de O'Sensei que tuve la oportunidad de conocer, tienen relatos muy interesantes.Tenian, tambien, una gran espiritualidad.
      Muchas gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails