Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Cada Ação é Única

Estes dias lí um artigo, de Mitsugi Saotome Shihan , que me fez refletir, que cada ação é uma possibilidade única em nossas vidas; mesmo que você a repita, está ação nunca será identica: Ichi Go Ichi E. Este termo usado tanto na Cerimônia do Chá, como no Budo, é usado para advertir os alunos que se tornam descuidados ou freqüentemente param técnicas pelo meio e iniciam de novo, em vez de seguir em frente com a técnica, apesar do erro. Geralmente um Mestre alerta, que se fosse uma luta de vida ou morte, não haveria nenhuma chance de "tentar novamente." Mesmo que, no Dojo, as técnicas possam ser repetidas muitas vezes, devemos ver cada uma delas como um evento singular, único e decisivo; conforme Ueshiba O’Sensei ensinava a seus discípulos.

Embora esta frase seja associada à Sen no Rikyu Sensei, Mestre da Cerimônia do Chá; porém sua frase original foi ichigo ni ichido" (uma vez em toda existência, vida –"ichigo ni ichido no e no yō ni"). No entanto, ichigo ichie foi um conceito desenvolvido, mais tarde por Ii Naosuke (1815 -1860), administrador-chefe do Xogunato Tokugawa e,também, um mestre da Cerimônia do Chá. Esta frase é freqüentemente traduzido como “apenas desta vez", "nunca mais", ou "uma chance em uma vida."

A frase, é composta, pelo kanji ichi (numero um), duas vezes, acrescido do kanji Go (que representa as mudanças da lua, que marca a passagem do tempo) e pelo kanji E (aqui utilizando a sua forma antiga, que representa a possibilidade , reunir, reunião, encontro, ser possível realizar algo): um só tempo, uma só possibilidade.

Segundo Saotome Shihan, “a vida é vivida momento por momento e a medida dela é o modo pelo qual o espírito floresce em cada um desses momentos”; que cada instante seria um instante de celebração de um momento atemporal e eterno, principalmente se o coração experimenta a paz. Shihan nos fala que a mente precisa estar sempre vazia, para poder estar receptiva às vibraçõews de cada momento, pois o tempo não retorna jamais: é como saborear o chá, cada gole é único, não devemos comparar pois ficaríamos impedidos de saborear. Shihan nos alertas que as pré-concepções, são artifícios da mente, que nos impedem de em contato com as vibrações do momento presente.

Devemos lembrar que Mitsugi Saotome, foi Uchideshi de Morihei Ueshiba desde jovem, ficando junto ao Fundador, dando toda assistência, dentro e fora do Dojo, até o dia do falecimento do Grande Mestre. Nos últimos anos, quando o jovem Saotome quando via Ueshiba O’Sensei nos treinos, sabia que poderia ser a última vez, que poderia ser a última oportunidade de receber seus ensinamentos nesta existência, neste plano material, e expressava neste frase:” O agora é agora! O amanhã é o talvez.”

Ueshiba O’Sensei ensinava, que este é o significado de Ikkyo, que a cada vez que realizamos, ele é único, que não existe uma segunda oportunidade, que não é possível realizar algo que é único de novo, que toda a nossa vida está naquele instante único, no agora. O’Sensei ensinava que isto só pode ser realizado com a mente de principiante, com a mente vazia; que a pré-concepção, a conceituação e as normas, nos afastam do Caminho, como ele resume neste ensinamento:

"Fazer cessar os pensamentos limitantes e voltar ao verdadeiro vazio. Fique no meio do Grande Vazio. Este é o segredo do Caminho do Guerreiro ".

Boa Reflexão.

Oss.

Baseado no livro de Mitsugi Saotome Shihan “ Aikido e a Harmonia da Natureza” e artigos de Stevens Sensei.








 Ichi Go Ichi E (Kanji Antigo)

4 comentários:

  1. Hola Ricardo

    Muy bonita esta reflexión que enseguida me recordó este artículo de Niall
    http://entrenandoaikido.com/doumo-arigatou-gozaimashita/
    con el saludo, porque cada clase es única
    Muchas gracias
    y un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas Tardes, Carina,
      Si, es muy bonita esta enseñanza de O'Sensei. Muy bonito el articulo de Nial que tu has postado.
      Muchas Gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir
  2. Ichi Go Ichi E estaba en la firma de los emails de Sensei Larraya, sabía lo que significaba pero nunca ha profundizado más. Muchas gracias Ricardo por la lección y traerme este bonito recuerdo a la mente.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Guillermo,
      Esta es realmente una gran enseñanza. Hace unos años, no recuerdo exactamente quien tuviera el privilegio de ver una de las clases de O'Sensei, y él escribió que el Fundador dijo que iba a enseñar nuevas técnicas. Todos llegaran temprano, en la mañana seguinte, en el Dojo y O’Sensei demostró um Ikkyo. Luego despues dijo que iba a mostrar una nueva técnica ,demostrando otro Ikkyo y así sucesivamente. Entonces preguntó si todos los que estaban presentes, habían visto que cada Ikkyo era diferente. En lo momento seguinte, nuestra fisiologia, nuestra mente, nuestra pulsación arterial es complemente diferente del instante anterior, por isso cada prática es única.
      Muchas gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails