Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

sábado, 23 de março de 2013

Coração, Mente e Ki







































Ao criar o Kinomichi, Mestre Noro Masamichi, fundamentou sua Arte sobre os princípios e ensinamentos que Ueshiba O’Sensei lhe transmitiu, durante os anos em que foi Uchideshi do Fundador do Aikido. Baseou-se no Ki (Energia/Sopro) e no Shin (Coração/Mente), afirmando que ambos são inseparáveis:

“Se Ki sustenta o gesto, Shin modula sua palpitação. Kinomichi os coloca em harmonia, permitindo a ambos parceiros a trabalhar em direção à Aiki, a Harmonia da Sopro; a dupla Ki-Shin é o aspecto primordial.”

Seu ensinamento é centrado no essencial, e nós devemos começar por ele: A Paz e sua realização. Então, o Ser Humano é colocado como o elo entre o Céu e a Terra; união que colocá em Harmonia o Caminho do Céu, com o Caminho da Terra e do Homem, emergindo uma energia (Ki) ascendente, este sopro (Ki) que é onisciente e onipresente. Segundo Mestre noro, é este Sopro (Ki), que condensado, cria todos os seres vivos e, sua evaporação, os dissolve.

Existe um ditado na Tradição Oriental, que o os pais criam, é o Mestre que eleva esta criatura a ser humano, através do ensinamento de como entrar em contato com a energia e, ao, mesmo tempo, interagir e respeitar o parceiro. Pouco a pouco, o contato com o parceiro, traz a Confiança e o Sorriso da Compreensão.

A geração de Ki tem a sua fonte no solo e na intenção; sendo conduzida através do Hara e os outros Tanden; é modulada pelo Shin (Coração/Mente) dos praticantes, que é percebido por um aumento na energia.

Já o movimento, é percebido corporalmente pelos praticantes, se apresenta como uma espiral, integrando a reta e o circulo; que se faz por um avanço progressivo.

Ao mesmo tempo existe I Shin den Shin, quando Mestre Noro dizia que tinha que transmitir ao coração da técnica, o coração que Morihei Ueshiba O’Sensei tinha lhe transmitido. Para isso, incorporou a abordagem didática de O'Sensei, tendo escolhido como base 10 técnicas.

Interessante é que uma das primeiras etapas, para os jovens, é a prática da Caligrafia de Shoshin, ou Mente de Principiante.

Termino com as palavras de Nguyen Thanh Thiên Sensei:

“Um antigo mestre dizia: Aquele que produz a dor, é um prisioneiro dos grilhões da dor. Mestre Noro criou uma Arte Marcial aonde o gesto correto é o provedor do prazer. No entanto, a sensação não substitui a energia, que é o resultado de inúmeros e incessantes esforços. A sensação de que a energia não é energia.”

Boa Reflexão.

Oss.

Baseado em entrevistas de Mestre Noro 
Masamichi e de Nguyen Thanh Thiên Sensei.

2 comentários:

  1. Buenos días Ricardo,
    Gracias por esta bella reflexión sobre la creación del Maestro Noro sobre lo que aprendió con O Sensei, efectivamente la práctica en la forma descrita es un verdadero placer, que tengas un hermoso domingo
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Carina,
      Sí, son muy bonitas las palabras de Maitre Noro, con su intención de transmitirnos las enseñanzas de Ueshiba O'Sensei.
      Un excelente domingo para ti.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails