Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Ki, Postura e Respiração – Parte 1
























Muitos me perguntam, porque focar na respiração e nos Tanden (principalmente o Hara) durante a prática. Várias Escolas da Antiguidade indicam estes ensinamentos em seus escritos, assim como a maioria dos mestres que tive, sempre indicavam técnicas com este propósito. 

No artigo anterior, observamos Kawanabe Sensei que nos fala dos aspectos corpo-mente-espirito-movimento e como a respiração expressa, e ao mesmo tempo modula tudo.

Essa centelha de vida é a respiração, que nos traz o Ki, sendo que o feto está ligado a mãe pelo cordão umbilical, que está implantado no Hara (Tanden inferior) que é considerado o centro de gravidade do corpo, situado a 2-3 dedos abaixo e atrás da cicatriz umbilical.

Os sábios orientais da Antiguidade acreditavam que o embrião, e posteriormente o feto, recebe ki através do cordão umbilical, que circula livremente em todos os meridianos de energia. Após o parto, paulatinamente, com o passar do tempo o Ki vai alterando a sua circulação, em decorrência de hábitos de vida, fatores internos e externos; se existe bloqueio nesta circulação dos meridianos, resultam em doenças físicas. Se existe troca de Ki nos dois sentidos, entre o Universo e o nosso corpo, sendo constante, saúde e harmonia se mantêm.

É interessante notar que o verbo Animar deriva do latim Animare, que significa “dar vida” e o termo alma deriva de Anima, que significa, também, “psique, vida”. Na Cosmologia japonesa, Ki é o caos primordial que deu origem a todas as coisas,é a manifestação da vida e a essência de todas as coisas; não tem começo nem fim, seu valor absoluto não pode aumentar ou diminuir.

No Século Quinto, no Oriente vemos nascer a escola de pintura a partir do principio Ki In Sei Do, tradução dada nas obras artísticas é: a consonância da mente cria o movimento da vida.

Embora no Ocidente, definamos Ki como energia, apenas, em japonês, ela tem inúmeras designações implícitas, como espírito, alma, atmosfera, vapor, névoa, éter, gás, corpo gasoso, fragrância, aroma, o fluido vital. Em muito tratados encontramos a definição de Ki, como “energia semelhante ao estado de vapor”.

Relembrando, como descrito em artigos anteriores Tanden (Tan tien ou Mar de Energia) é o nome dado aos três principais centros de energia localizados no eixo de nosso corpo:

- Tanden Superior (Kami no Tanden) - Localizado atrás do ponto médio entre as sobrancelhas - Hipófise

- Tanden Médio (Naka no Tanden) - Localizado na região do Plexo - Coração

- Tanden Inferior (Hara ou Seika no Tanden) - Localizado a 2-3 dedos abaixo e atrás do umbigo

Além de ser o centro da rede de Ki, o Tanden Inferior funciona como um grande reservatório, aonde está armazenado o nosso Ki Original (Ki oriundo da fecundação).

{continua}...



Para ler a parte 3 clique aqui

Baseado em textos e anotações de cursos sobre Medicina Oriental e seminários sobre  Ki e Técnicas. 

4 comentários:

  1. Buenas noches Ricardo,
    Gracias por compartir este interesante artículo, si, deberíamos seguir como al nacer, por ejemplo los bebés saben nadar cuando nacen, más tarde llega el miedo. O aprender de los maestros, un tema para reflexionar.
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buen Día, Carina,
      Sí, es verdad, el miedo es la gran barrera. Todas las enseñanzas de Ueshiba O-Sensei, Inoue Doshu y de otros grandes maestros, fueron en el sentido de que prevalezca el Amor y la Verdad, ya que observamos que muchos trastornos, tanto psicológicos, como sociales y físicos se deben al miedo.
      Gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir
  2. Olá Ricardo com muita satisfação li este artigo, tive uma feliz surpresa quando notei quem havia escrito!
    Estou aguardando nossos treinos, um abraço Bruno Borello!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruno,
      Que bom que gostou do artigo. Esperamos começar os treinos em novo espaço, em breve te informo.
      Abraço forte.
      Oss.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails