Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

sábado, 10 de novembro de 2012

A Mente e O Segredo da Espada






















Shirata Rinjiro Sensei , ensinava aos seu discípulos que a eficácia da técnica residia em uma prática corporal e mental sinceras, para tal contava uma estória que tinha aprendido com Ueshiba O-Sensei.

Um jovem guerreiro visitou um mestre yamabushi, que vivia nas montanhas , que diziam ter poderes sobrenaturais e que tinha a fama de possuir uma técnica  que lhe conferia  o que chamavam de "Espada da Invencibilidade". O rapaz ansiava por se tornar um grande guerreiro e o melhor dos mestres no manejo das armas.

O jovem, chegando à casa do mestre, pediu que ele que lhe revelasse o segredo da espada; o mestre disse que era possível apenas se o jovem se submetesse a determinados treinamentos: os yamabushi passam anos de sua vida executando práticas de ascetismo, levando uma vida frugal, entoando mantras e orações.

O mestre ressaltou que além destas práticas diárias, eram importantes a meditação e a prática com foco no momento presente; isto poderia levar vários anos e o jovem deveria visitá-lo de tempos em tempos para avaliar sua evolução.

O jovem concordou com as condições, ficou um tempo aprendendo com o mestre e, depois, partiu para praticar sozinho tais ensinamentos; de ano em ano, por vinte anos, visitava o mestre e retornava à sua vila.

Na última visita ao mestre, este disse que iria lhe mostrar a espada que chamavam de mágica, como prometido; o discípulo a tomou em suas mãos, a segurou por instantes e logo a devolveu.  Naquele instante percebeu que não precisava mais de uma arma ou objeto como aquele, compreendia que eram atributos fantasiosos da mente.

Yamaguchi Sensei contava que quando observamos alguém treinar, visto a partir do exterior, uma espada ainda se parece com uma espada e um bastão com um bastão; porém o que é mantido nas mãos ou o que percebemos do exterior é apenas uma imagem, uma projeção da mente. Sensei alertava que o erro é nos fixarmos neste aspecto, porque o que conta é como usar esses instrumentos, o instante presente e mente vazia; O-Sensei gostava de demonstrar isto.

Stevens Sensei nos explica que “Se permanecermos centrados na Essência da Criação, certamente triunfaremos em todos os empreendimentos; precisamos compreender essa verdade aqui e agora.”; “um estado de ser que transcende o tempo e o espaço.”

Termino com as palavras de O-Sensei:

“Se tudo que você pensar é vencer
Você vai de fato perder tudo.
Saiba que você e seus adversários trilham o mesmo caminho.
Envolva os adversários com amor,
Entregue-se ao fluxo natural das coisas,
Unifique Ki, corpo e mente,
E apague a fronteira entre o eu e o outro.
Isso abre possibilidades ilimitadas.
Aqueles que são iluminados por estes princípios
São sempre vitoriosos.
Ganhar sem lutar
É a verdadeira vitória,
A vitória sobre si mesmo,
Uma vitória rápida e segura.
Vitória é harmonizar o eu e o outro,
Para ligar-se ao Divino,
Para unir-se ao Amor Divino,
Para se tornar o próprio Universo.”

Boa Reflexão.

Oss.

Baseado em entrevistas de Alain Guerrier Sensei, Shirata Rinjiro Sensei e John Stevens Sensei; textos sobre Ueshiba O-Sensei.

2 comentários:

  1. Buenas noches Ricardo,
    Eso es, no se trata de ganar o perder, debemos olvidar de competir, sólo vencernos a nosotros mismos, nuestro ego. Gracias por compartirlo,
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas noches, Carina,
      Si, es Verdad, Artes Marciales y otras prácticas tienen como objetivo nos llevar a trascender el ego y adquirir conciencia de la Unicidad (Unidad).
      Gracias a ti.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails