Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Yamabushi , Shugendo e Artes Marciais.



















Muito conhecidos por suas práticas ascéticas e espirituais, os Yamabushi ou Shugenjas, são os seguidores de uma antiga tradição japonesa, considerada como prática religiosa, que tem como finalidade “se tornar um Buda em um corpo humano”. Sempre foram muito ligados a práticas na Natureza.

A denominação Yamabushi, significa “aquele que vive ou se oculta nas montanhas”, isto devido, as suas práticas e peregrinações, geralmente, os levam a permanecer muito tempo nas montanhas. O kanji para yama é o mesmo de montanha, porem o para bushi é diferente do de guerreiro, embora ambos tenham a mesma sonoridade. Geralmente, estas montanhas, são habitadas por figuras míticas chamadas Tengu, conforme a Tradição.

Os Shugenjas têm como fundador e ancestral En-No-Gyoja, um eremita asceta, que viveu no século sétimo. Originalmente, vivia nas montanhas Katsuragy e, posteriormente, passou à praticas do ascetismo no monte Ominé. O Imperador Kokaku (1771 -1840) deu-lhe o nome póstumo de Jimpen Daí Bosatsu (Grande Bodhisattva da Divina Transformação), de tão impressionado que ficou com as suas práticas ascético-espirituais.

Esta Tradição tem características bem marcantes, das quais, cito: a) prática do Shugendo, que significa, conhecimento obtido no Caminho( o Do) através de práticas ascéticas divinas; b)cada escola de cada cidade tem uma “montanha-mandala” para treinamento (Kurama San , Makihata San, Shogoin San, Ominé San, etc.); c) Perigrinação, nas montanhas (“Subir a Montanha” ou “Entrar nas Montanhas”) para entrar no “Mundo dos Budas”; d) pelo menos, uma vez por ano, peregrinação para “renovação de energia”, em uma mandala natural ( no passado era a cada estação, com um propósito diferente); e) cada nível tem uma iniciação (ou Kanjo); f) geralmente, portam um bastão (Kongo-Zue) que também ajuda nas caminhadas, cordas e rosário; g) possuem um panteão de kamii, entre os quais, Zao-Gongen e Fudo-Myo.

Após a Segunda Grande Guerra, o governo japonês baniu a prática do Shugendo, estimulando cada templo a se vincular a uma Escola Budista tida como oficial; por isso, dependendo da Escola vamos encontrar diferentes textos Shingon ou Tendai.
Encontramos várias práticas dos Yamabushi em diversas Escolas de Artes Marciais; para um conhecimento maior, sugiro leitura principalmente sobre Shingon e Tendai.

Boa Semana.

Oss.

Baseado em artigos sobre Yamabushi e Shugendo.

2 comentários:

  1. Buenas tardes Ricardo,
    Que pena que lo prohibieran, debería haber libertad de culto,
    muchas gracias por este artículo
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas Tardes, Carina,
      Encontramos muchas de estas prácticas en diversas religiones, sectas y escuelas de Filosofía y de Artes Marciales en Japón. Autores dicen que Ueshiba O'Sensei, además de pertenecer a Omotoo Kyo (anterior estaba conectado a otra religión hasta los Inoue convertirse en adpetos de la Omotoo Kyo), lía textos Shingon, Tendai y sel Shintoísmo.
      Gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails