Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

terça-feira, 29 de março de 2011

Estresse, Meditação e Saúde.

















Inoue Sensei nos dizia que bloquear o Fluxo nos traz dissabores: doenças, frustrações, ansiedade, insônia, etc. Esta frase condensa muitos ensinamentos, como já foi exposto anteriormente: meditação, mente vazia,ritmo biológico eTada Ima, entre outros.

Você pode se perguntar como, na prática, a meditação tem relação com a saúde. Como já conversamos, os estudos fisiológicos, observaram o Ciclo Circadiano do organismo e, em 1924, o eletrofisiologista Hans Berger, estabeleceu o primeiro padrão reconhecível do Eletroencefalograma : a onda alfa. Esta onda alfa tem a frequência de 7,5 a 12 ou de 8 a 13 ciclos por segundo (Hertz), de caráter estável e com sincronia; ocorre em indivíduos em estado de relaxamento com os olhos fechados, durante o estado de vigília. Normalmente encontramos a freqüência de 10 Hz. Se você está de olho aberto, porém sonolento, também apresentará um ritmo alfa. Quando você está tenso ou de olhos abertos, o ritmo se altera; se está dormindo, também. Não comentaremos as outras ondas cerebrais neste artigo.

Observamos uma correlação da meditação com ondas na freqüência alfa mais lenta; estudos de longo prazo demonstram que quanto mais tempo próximo desta freqüência, mais benefícios para o organismo. Nesta freqüência, geralmente o ritmo circadiano dos hormônios das glândulas supra-renais é estável, diminuindo muito a possibilidade da situação de estresse.

O estresse é uma situação de adaptação do organismo, frente a uma situação que é interpretada como uma agressão: é uma reação de inicio rápido mas que demora horas para trazer o organismo a uma situação de equilíbrio ideal (homeostase). Logo, se enchemos nossa mente de situações que são interpretadas como desafios ou agressões, desencadeando a reação de estresse. Se isto ocorrer com muita freqüência, o organismo começa a perder sua capacidade de retorno ao ritmo ideal; temos o aparecimento de disfunções, distúrbios de saúde, ansiedade, insônia, hipertensão, fadiga crônica, etc...

Para o retorno ao ritmo alfa e à situação de homeostase, não adianta uso de medicamentos, calmantes, panacéias ou mesmo bebidas alcoólicas; isto só induz à outras freqüências e ao uso crônico destas substâncias, nos afastando do estado de saúde ou homeostase. Não se consegue manter o ritmo alfa com a mente ativa, ela precisa estar vazia-relaxada-vigil (Mushin-Shoshin); logo, não tem nexo afirmar que “posso controlar o estresse” ou “existe uma técnica mental para isto”. Se existe tentativa de controle mental, ritmo não é mais alfa.

Por isto a OMS afirma que a maioria das disfunções e patologias tem base psicossomática, devido alteração da homeostase. Além do exercício físico moderado e regular, a meditação diária ajuda muito; podem ser dez minutos por dia. Manter a mente no momento presente (Tada Ima), também; desempenhe sua tarefa atual sem pensar em outras que estão por vir, senão nada será bem feito, gerando ansiedade, frustração, hipertensão, hiperacidez, hiperfagia, etc. À noite e em casa, evite tarefas do ambiente de trabalho e evite ver noticiários antes de dormir, pois pode gerar insônia ou sono agitado.

Logo, quanto mais se medita, caminhamos para um ritmo orgânico saudável e facilitando praticar o Tada Ima no dia-a-dia.

Boa Prática.

Oss.

Baseado em artigos sobre eletroencefalograma, meditação, Inoue Sensei e Zen.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails