Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

terça-feira, 22 de março de 2011

A Consciência, Okuyama Sensei e o MonteTsukuba






















Este monte, está localizado ceca de 50 quilômetros ao norte de Tókio, com um mito muito interessante. Diz a tradição, que uma divindade pediu para descansar na Terra. Perguntou ao Monte Fuji e ao Monte Tsukuba, qual dos dois poderia conceder-lhe pouso; orgulhosamente, o majestoso Fuji-San fez-se de rogado e disse que era impossível. 

Já Tsukuba-San, com muita alegria, acolheu a divindade; deu-lhe água e comida em abundância. Devido a sua generosidade, as divindades do Japão abençoaram Tsukuba-San com uma grande fertilidade: solo rico, muitas flores, etc... Já Fuji-San, não recebeu benção alguma, ficando com seu pico eternamente gelado, áspero e solitário.

É neste ambiente de muita espiritualidade Xinto, que o Monte Tsukuba tornou-se um lugar de peregrinação para a busca de elevação espiritual. Foi neste local que Tadao Okuyama Sensei foi “procurar a Verdade”, conforme nos conta Harada Sensei. Neste ambiente da busca de Consciência, que Okuyama Sensei foi introduzido na Seita Omotoo Kyo por Inoue Sensei; conforme afirma Yasuaki Deguchi, neto do Mestre Deguchi.

Após anos, no seu retorno ao Dojo de Waseda, Okuyama Sensei começa a demonstrar a sua mudança de consciência, além da técnica. Todos afirmavam que ele estava muito mudado, muito observador, quieto, porem, extremamente veloz e certeiro na execução das técnicas.

Harada Sensei, que foi discípulo por um periodo, além de conviver no mesmo alojamento da Universidade, contava que Okuyama Sensei ia além do ensinamento da técnica, pura e simplemente.  Em todos os treinos, após a execução de cada técnica, Tadao Okuyama perguntava ao Deshi: -"Qual é a tua sensação neste instante",- nos conta Harada Sensei. Os alunos eram estimulados a tomar consciência do instante presente; no inicio é através da sensação e, passo a passo, a consciência vai se “expandindo”. É através da sensação que iniciamos a integração físico-mente-espirito.

Depois comentaremos como eram os treinos de Tadao Okuyama e de Inoue Sensei, segundo relato de seus alunos.
Bom treino.

Oss.

Baseado em entrevistas de Harada Sensei , Deguchi Sensei e Kase Sensei.

Budo: Técnica das Flores Cerejeira

Budo: Técnica por Kawanabe Sensei

2 comentários:

  1. Buenas tardes Ricardo,
    Muchas gracias por compartir ésta anécdota de Okuyama Sensei y Harada Sensei
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Carina,
      El tipo de entrenamiento descrito por Harada Sensei es muy bueno, pero no vemos muy a menudo sendo praticado.
      Gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails