Esta Arte Marcial tem por característica resgatar toda Tradição Marcial dos primórdios da civilização japonesa, quando o homem vivia perfeitamente integrado consigo mesmo e com o Universo. Neste conceito, através do treinamento captamos a energia do Grande Universo e depois passamos a utilizá-la, tendo o centro do corpo como área de difusão. Através da consciência do fluxo de energia tudo é possível e podemos esquecer o uso da força física. Com a meditação, esvaziamos a mente e com a prática do Shin’ei Taido também.

Com a mente e o interior pacificados, não há medo, nem raiva, nem angústia nem pânico; saímos das emoções e dos pensamentos. Se considerarmos isto como objetos do aprisionamento humano, entramos na dimensão da Consciencia, aonde nos conduz o Shin’ei Taido. Tanto homens, mulheres, pessoas de todas as idades podem se integrar nesta prática saudável.

Seguidores

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Sokaku Takeda Sensei e Daito-ryu Aiki-jujutsu












































Não poderiamos falar de muitas artes marciais modernas do Japão, sem falarmos de Sokaku Takeda Sensei e o Daito-ryu. Takeda Sensei foi mestre de muitos mestres das diversas correntes de Aikibudo, com Morihei Ueshiba Sensei e Noriaki Inoue Sensei (este sendo uke de Takeda por muito tempo).

Primeiro parece ter se desenvolvido o Taijutsu (A técnica do Corpo), por volta do século dez, termo que designava qualquer técnica corporal sem o uso de armas, sendo várias correntes desenvolvidas em os clãs Samurais.
Geralmente o nome das técnicas era a partir de seu fundador atribuído, do clã ou do lugar de onde eram desenvolvidas; ou mesmo segundo a orientação espiritual dos praticantes.

De uma maneira geral, as artes marciais são divididas em duas correntes:

a      a)Koryu Bujtsu ou Bujutsu – anteriores a 1868, e geralmente portam a designação ryu

b      b)Gendai Budo ou Budo – posteriores a 1868.

A tradição conta que o Daito-ryu, um estilo de Aikijutsu, surgiu por volta do século onze, no clã samurai dos Minamoto.
Shinra Saburo Minamoto no Yoshimitsu, foi quem desenvolveu a técnica, pois reza a tradição que ele dissecava cadaveres de guerreiros mortos em batalha e treinava em condenados à morte. Tinha o propósito de estudar melhor técnicas articulares e como atuar nos pontos vitais ( Kyusho-jutsu ou técnica do ponto vital).

Como desde de pequeno, chamavam-lhe de Daito, alegam que a denominação Daito-ryu provém disto. Os ensinamentos desta Arte,foram transmitidos por gerações, na família Takeda, que alega-se ser um dos ramos do Clã Minamoto, que tinha assumido este nome em certa regiões, assim como os Inoue também provem dos Minamoto. No século dezenove, no periodo Meiji, com a proibição das atividades dos samurais, impedidos de portarem suas espadas, muitas escolas de artes marciais começam a desaparecer. Os Takeda, para não verem sua arte extinta, passaram a lecionar, a partir daquele instante, para o público comum, o que antes era ensinado, em segredo para uma seleta classe militar shogunal.

Naquele século aparece Sokaku Takeda, filho e discipulo do grande mestre Sokichi Takeda, de quem estudou as técnica da espada e das técnicas de Aikijutsu; assim como foi discipulo interno do grande mestre da Escola Kashima Shinden Jikishinkage-ryu de espada, do renomado espadachim Sakakibara Kenkichi. Tambem foi discipulo interno de Saigo Tamono Sensei, mestre em Tenji-Shinyo-ryu (uma escola tradicional de Jujutsu ).
A técnica de Sokaku Takeda, inicialmente passou a ser designada Takeda-Ryu e baseava-se na doutrina espiritual Aiki In Yo Ho, que era baseada nos conceitos energéticos do Tao ( ou Dao ou do).

Takeda Sensei, explicava Principio de Aiki, e que tinha conceitos básicos como: Quando somos empurrados, puxamos;
Quando somos puxados, empurramos.

A prática do Daito-ryu significa um espírito de lentidão e rapidez ao mesmo tempo, de harmonização de seu movimento e ki com o do seu oponente.
Este termo Aiki segundo Tokimune Takeda, o filho de Takeda Sensei, vem sendo utilizado desde os primórdios da cultura japonesa, não sendo exclusivo do Daito-ryu nem de outras Artes Marciais.

Sokaku Takeda Sensei, já falava que a meta primordial do Daito-ryu Aiki-jujutsu quando frente ao adversário é derrota-lo mentalmente, vencer sem lutar.

Boa Semana para todos.

Oss.

Baseado em entrevistas a Stanley Pranin assim como artigos no Aikido Journal, citações de Inoue Sensei e Kisshomaru Ueshiba Doshu, livro de Wagner Bull Sensei Aikido – O Caminho da Sabedoria.

4 comentários:

  1. Buenas noches Ricardo,
    Qué casualidad, hoy precisamente lei sobre Aiki y Daito Ryu, ya que en E-budo donde suelo comentar hay un grupo de Daito Ryu, que dice que su Aiki o fuerza interna es diferente a otro que entrena una amiga I liq chuan, de origen chino y ella ya les explico muchas veces que en el fondo es lo mismo, yo les dije que había que mirarlo en un sentido más amplio, pero por lo visto esta gente es muy tradicionalista y conservadora, muchas gracias por comparti este interesante artículo,
    un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Carina,
      Es muy interesante la visión del mundo de cada uno, lo que has descrito podemos ver en muchos lugares: escuelas, filosofías, etc ....; es muy difícil de juzgar, porque estaríamos siendo radicales, también. Muchos todavía están en la visión de que hay un "yo-otro" (Dual), pero es un hecho normal en nuestra evolución, como seres humanos. Creo que el Aiki que permea a todos los seres vivientes es la verdadera No-Dualidad o la Unicidad, qué tan bien hablaste en un comentario anterior: somos todos uno .
      Muchas gracias por tu comentário.
      Abrazo.

      Excluir
  2. Aqui está la entrevista donde Tokimune Takeda Sensei dijo : "Aiki is to pull when you are pushed, and to push when you are pulled"

    http://www.aikidojournal.com/article?articleID=417

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muchas gracias por esto precioso complemento al texto.
      Abrazo.

      Excluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails